Tecnologias

Tecnologias usadas no combate de proliferação de algas cianobactérias e incrustações

Nossos sistemas utilizam a tecnologia de ultrassom e ultravioleta para prevenção e combate de proliferação de algas e incrustações pois não usam produtos químicos, não emitem radiações e não tem efeitos residuais nem afetam a vida flora e fauna ou pessoas que frequentam o local.

Breve história do sistema ultrassom

O ultrassom foi descoberto em 1794 quando o fisiologista e biólogo italiano Lazzarro Spallanzani descobriu que os morcegos podem voar no escuro devido à reflexão de ondas sonoras de alta frequência.

Acredita-se que o uso de ultrassom para combate de algas e cracas tenha surgido na década de 1950 e tenha sido descoberto pela Marinha dos Estados Unidos a partir da constatação de que os submarinos não tinham incrustações de cracas nas áreas dos sonares.

Como funciona o sistema Anti-Algas
e Anti-Cracas Ultrassônico

Podemos considerar o som como sendo uma vibração em um meio cujo alcance depende da taxa de vibração, a que chamamos de frequência, e que representa o número de ciclos por segundo, sendo que 1 Hz equivale a 1 ciclo por segundo.

O espectro de frequências é uma representação das faixas audíveis ou não por cada espécie variando de 0Hz a mais de 160.000Hz.

As ondas de ultrassom são usadas em várias aplicações como exames médicos, fisioterapia, identificação e localização de submarinos e cardumes de peixes, equipamentos de solda e limpeza e para combate e prevenção de algas, cracas e incrustações.

O Sistema Anti-Algas Ultrassônico emite ondas de ultrassom em frequências que degradam elementos orgânicos e algas através de um fenômeno chamado cavitação.

A cavitação é um fenômeno que expande e comprime as moléculas da água e das substâncias flutuantes, entre elas as cianobactérias, em uma série de ciclos cinéticos e colisões resultando em um aumento instantâneo da temperatura e pressão interna das células a nível microscópico.

Por vários microssegundos, o resfriamento e aquecimento é acompanhado por uma forte onda de choque, com velocidade de 100 m/s, criando um ambiente físico inóspito para algas e outros organismos que são afetados pela frequência das ondas de ultrassom.

Devido a esse processo ocorre a quebra da ligação OH da água gerando peróxido de hidrogênio e a reação química aliada a alta temperatura e alta pressão degradam os contaminantes na água.

Como a água é um bom condutor de ondas sonoras o efeito das ondas de ultrassom se espalha de forma direcional na frente do emissor de ultrassom podendo atingir até 300 metros de distância com um transdutor de 100 Watts.

O efeito nas algas ocorre pela ressonância com a frequência ultrassônica que provoca a quebra da membrana celular interna dos vacúolos das algas impedindo que flutuem e dessa forma não realizarem fotossíntese.

Dessa forma as algas morrem por falta de nutrientes, vão para o fundo do lago ou rio e são decompostas ou removidas mecanicamente.

As ondas de ultrassom na frequência de 20 KHz a 40 KHz são eficientes no combate de algas mas não afetam seres humanos e peixes que estão em um espectro sonoro diferente.

A tecnologia ultrassônica é eficiente no combate e prevenção das proliferações de algas e de grande variedade de bactérias, vírus e fungos pois o peróxido de hidrogênio gerado pelo processo funciona como uma espécie de efeito profilático impedindo a contaminação por poluição secundaria.

Para ver como funciona o sistema Anti-Cracas por ultrassom acesse o site
www.anti-cracas.com.br

Como a luz ultravioleta age na purificação da água

Utilizando a potência correta e uma faixa de onda de 254 nm, a luz ultravioleta combate organismos vivos como vírus, bactérias e algas rompendo a sua cadeia de DNA de forma que não consigam se reproduzir prevenindo assim a proliferação de bactérias nocivas ou de outros microrganismos.

Sua ação é segura e eficaz no combate de Giardia, Hepatitis B, Salmonela, Streptococcus, Mycobacterium tuberculosis, E. coli, Cryptosporidium, Dysentery bacilli, Colera, Algas, larvas de cracas e diversos vírus.

Como funciona o sistema Anti-Algas e Anti-Cracas por Ultravioleta

Equipamentos com LED´s Ultravioleta de alta potência são instalados junto a sensores submersos, correntes de poitas de boias e outros sistemas submersos que precisem ser protegidos da incrustação de cracas e algas.

Os LED´s usados emitem luz ultravioleta em uma faixa de onda que afeta diretamente larvas de algas e cracas mantendo os locais livres de incrustações. Devido ao seu efeito bactericida a luz ultravioleta pode ser usada para a desinfecção de objetos, ambientes e no combate e prevenção de incrustações de algas e cracas.

TRABALHOS CIENTÍFICOS  

O uso de ultrassom no controle de proliferação de algas em lagos

https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1747-6593.1988.tb01274.x

HOWSAM PhD, MIGeol, FGS, There is now a growing interest in the importance of bacteria in the understanding of groundwater resources and groundwater engineering…

TRABALHOS CIENTÍFICOS  

O  uso de ultrassom para combate de algas em sistema de refrigeração

http://en.cnki.com.cn/Article_en/CJFDTOTAL-SCLJ901.006.htm

Liu Tianqing (School of Chemical Engineering Dalian University of Technology, Dalian 116012) T R Bott (School of Chemical Engineering The University of Birmingham). Biofouling in cooling water systems can be a serious industrial…

TRABALHOS CIENTÍFICOS  

O  uso de ultrassom na prevenção de algas em piscicultura e carcinicultura

http://www.fspublishers.org/ijab/past-issues/IJABVOL_13_NO_1/11.pdf

PAWALEE SRISUKSOMWONG, NIWOOTI WHANGCHAI,  YASUNOBU YAGITA‡, KOJI OKADA‡, YUWADEE PEERAPORNPISAL AND NAKAO NOMURA, Department of Biology, Faculty of Science, Chiang Mai University, 50200, Thailand Faculty of Fisheries Technology and Aquatic Resources, Maejo University, ..

TRABALHOS CIENTÍFICOS  

O uso de ultrassom na prevenção de cracas e incrustações em embarcações e estruturas submersão

https://www.researchgate.net/publication/321752933

Ji-Soo Park & Jeung-Hoon Lee, An ultrasonic antifouling treatment was applied to a 96,000 m3 class drill-ship to verify its feasibility through a sea-trial. Soon after the hull cleaning had been performed, six ultrasonic projectors…

TRABALHOS CIENTÍFICOS  

O uso de ultravioleta no combate de cracas e algas

https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/08927014.2019.1642334

KZ Hunsucker, C Braga, H Gardner, M Jongerius… – Biofouling, 2019 – Taylor & Francis, A two-part study was designed to investigate the efficacy of using UVC to prevent biofouling in the context of ship hull coatings…

Quer saber mais sobre nossas soluções?

Assine nossa newsletter e fique atualizado, receba informações importantes sobre o controle e prevenção de algas.

Menu